Descubra os melhores artigos acerca do lifestyle Zmar
HomeFood ExperienceSegredos do ChefCoentros | Açordas com aroma a Alentejo
 

Coentros | Açordas com aroma a Alentejo

Isto é cá uma açorda!

Não existe prato mais alentejano do que as nossas açordas! Num mês em que destacamos os aromas, sabores e benefícios das nossas ervas aromáticas, faz todo o sentido trazer duas receitas de açorda do Chef Carlos Bernardo que têm como ingrediente indispensável uma erva muito comum, mas que não é por isso menos especial, os coentros.

Açorda Portuguesa (com bacalhau)

Ingredientes

  • 1l de água
  • 600g de bacalhau
  • 400g de pão alentejano
  • 4 dentes de alho
  • 2 ovos
  • azeite (sugerimos Carmim, claro!)
  • sal
  • vinagre
  • e claro, para aromatizar… uma mão cheia de coentros picados!

Preparação

Num almofariz, esmague bem o alho com o sal.
Pique os coentros e junte-os com a mistura anterior.
Regue tudo com um fio de azeite.
Entretanto, coza o bacalhau.
Corte o pão em fatias.
Assim que o bacalhau estiver cozido, retire e desfie.
Junte o pão com o preparado inicial e verta a água da cozedura.
Sirva com um ovo escalfado e claro, mais coentros, para dar aquele toque final!

Açorda de Camarão

Ingredientes

  • 1 pão alentejano
  • 600g de camarão
  • 3 dentes de alho
  • 1 ovo
  • 1 fio azeite (sugerimos Carmim)
  • coentros
  • sal e pimenta.

Preparação

 Corte o pão em pequenos pedaços e demolhe-os em água morna.
Prepare os camarões e coza-os em água salgada.
Aqueça um tacho com um fio de azeite e refogue o alho e os pedaços de pão.
Mexa até formar uma pasta, adicionando se necessário um pouco da água de cozedura do camarão.
Adicione os camarões, uma gema de ovo e polvilhe com coentros picados.
Sirva com um ovo escalfado e claro, mais coentros, para dar aquele toque final!

Sabia que?

Coentros

onossozmar açorda segredos do chef coentros

Digestivos e calmantes, combatem a fadiga, enxaquecas e são também são afrodisíacos!
Precisa de mais motivos para passar a incluir coentros nas suas refeições?

A planta do coentro acredita-se ser originária da bacia do Mediterrâneo onde os gregos e os romanos já lhe tinham descoberto o sabor, tanto em pratos como em bebidas.
Mais tarde, na Idade Média, foi a vez de o seu aroma ser enaltecido, pois era frequente ser cultivadas nos jardins dos mosteiros.
Actualmente a planta dos coentros, também conhecidas como salsa árabe ou chinesa, encontra-se espalhada cultivados um pouco por todo o mundo, graças aos seus múltiplos benefícios. Na cozinha indiana e árabe, são frequentemente utilizadas, tanto as sementes como as folhas. No entanto cá por Portugal, o mais comum é utilizarem-se as folhas na confecção de vários pratos, sendo mesmo um dos sabores mais característicos da nossa gastronomia.

 

Propriedades

Proteínas, sais minerais, vitamina B e niacina. As folhas são muito ricas em ferro e vitamina C.
Destaca-se ainda o facto de ter quatro vezes mais caroteno e três vezes mais cálcio do que a salsa.

 

Benefícios

Esta planta tem inúmeros benefícios, e toda ela pode ser utilizada, desde as sementes às folhas:

  • digestivas,
  • anti-sépticas,
  • calmantes,
  • afrodisíacas,
  • neutraliza o mau hálito do alho,
  • combate a fadiga e alguns tipos de enxaqueca.

 

Uma curiosidade: sabia que um ou dois grãos de coentros esmagados numa chávena de café concedem-lhe um excelente sabor.

 

Atenção: o consumo excessivo de coentros pode ter um efeito tóxico.

 

Créditos fotográficos: www.amodadoflavio.pt

Partilhar Artigo
Escrito Por

"E se..." é assim que a Sofia vê o mundo! E se mergulharmos num livro, e se virmos o mundo por uma lente fotográfica, e se captarmos um olhar num desenho. Formada em Marketing, pós graduada em Gestão e Liderança, deixou-se levar pelos "e se..." e acrescentou a formação em Yoga e os workshops infindáveis ao prazer da comunicação.

Sem comentários

FAÇA O SEU COMENTÁRIO