Descubra os melhores artigos acerca do lifestyle Zmar
HomeFood ExperienceO que a Terra dáErvas Aromáticas | O perfume do Alentejo!
 

Ervas Aromáticas | O perfume do Alentejo!

Com a aproximação da mudança de estação, as árvores começam a cobrir-se de flores, a Terra está mais verde e começamos a sentir o anunciar da Primavera. O resultado são novos frutos, legumes, aromas e cores à mesa. Com esta variedade foi difícil para o Chef Carlos Bernardo decidir o que este mês eleger como o produto que A Terra Dá. As ideias eram muitas… assim, encontrou uma solução para poder fazer de tudo um pouco: pratos quentes, sobremesas, sopas ou entradas…

Este mês de Março vai ser dedicado às ERVAS AROMÁTICAS!

De facto, nada poderia ser mais Alentejano e ao mesmo tempo tão português. A forma como a nossa culinária assenta no uso “mágico” das ervas aromáticas é o resultado da criatividade das nossas gentes, que encontraram nelas forma de curar maleitas, aromatizar a vida e dar sabor ao prato. Estas ervas contam também a nossa história, a riqueza e fertilidade da nossa terra e outras, além fronteiras que trouxemos nas naus dos quatro cantos do mundo.

Porque são tantas e tão variadas, este mês vamos apenas conseguir homenagear algumas… Mas para cada uma fica prometido, para além de uma receita do nosso Chef, dicas e sugestões que vão surpreender!

 

Para abrir o mês vamos já começar de uma forma doce… uma mousse de chocolate, aromatizada com hortelã-menta.
Hum… vamos a isso!? 😋🍫

Ingredientes

  • 6 ovos
  • 100g de açúcar
  • 200g de chocolate, pelo menos com 60% de cacau
  • 1 colher de manteiga
  • 50g de bolachas de chocolate Oreo (vão dar um textura diferente, vai ver!)
  • 20g de hortelã-menta (aquele toque exótico que contrasta com o sabor doce e intenso do chocolate).

Preparação

Comece por partir o chocolate em pedaços pequeninos e leve a derreter em banho-maria juntamente com a manteiga. Requer que tenha o lume bem “brando” e que continuamente mexa para que não agarre. Preste a tenção ao chocolate, não deverá ferver, pois perde as suas propriedades e a sua mousse não ficará com aquele toque aveludado que tanto queremos sentir em cada colherada.
2º Previamente lave e pique a hortelã em pequenos pedaços.
3º Bata as gemas com o açúcar, numa batedeira, até obter uma mistura aveludada.
4º No fim, incorpore o preparado de chocolate e a hortelã-menta.
5º Bata as claras em castelo e envolva delicadamente no preparado anterior.
Bem agora é só distribuir em taças e leve ao frigorífico umas horas, para ficar no ponto.

 

Para dar um toque original ao visual da sua mousse e garantir que cada colherada vai ser uma explosão de sabores e texturas, o Chef Carlos Bernardo deixa-lhe uma sugestão:

Sugestão do chef: triture as bolachas de chocolate até obter uma textura tipo areia. Assim que a mousse solidificar, cubra o cimo da mousse e termine com um apontamento de folhas de hortelã-menta.

 

Sabia que?

Hortelã-menta

Com as suas folhas com um odor intenso e característico contêm o óleo de menta (ou mentol), cujas propriedades terapêuticas são variadas, mas que todas envolvem um sensação de frescura e purificação. Vamos saber mais sobre esta erva-aromática tão usada em culinária, chás, produtos cosméticos, dentífricos e de higiene.

Nutrientes:

Cálcio, Cobre, Fibra, Ácido fólico, Ferro, Magnésio, Manganês, Niacina, Fósforo, Potássio, Riboflavina, Zinco, Vitaminas A e C.

Benefícios: 

  • Actua no descongestionamento nasal, antigripal
  • Actua em debilidades do estômago, cólicas e vómitos
  • Alivia irritações cutâneas e constipações e dores de cabeça
  • Em chá ajuda em casos de insónia, digestão e nervos
  • Auxilia no combate ao stress e depressão
  • Os talos triturados são eficazes contra picadas de insectos
  • Ajuda nas dores de dentes, aplicando um algodão sobre a carie, com uma gota de hortelã-pimenta.  Elimina aftas e infecções da boca em geral.
  • Evita pés frios, colocando umas folhas entre os pés e as meias.
  • Devolve o vigor a todos os órgãos, beneficiando os nervos, o coração, o aparelho digestivo (contra náuseas, fadiga, gases, úlceras), fígado e pâncreas
  • É boa para o aparelho respiratório (tosse, asma, bronquite) , favorece a expectoração, e actua nas doenças infecciosas como bactericida e anti-séptico
  • Ajuda na limpeza da pele.

Atenção: grávidas e crianças muito pequenas, devem evitar o consumo de poejo e outras hortelãs, devido à alta concentração de óleo essencial de pulegona, o qual é tóxico.

 

Créditos fotográficos: mykitchenstories

Partilhar Artigo
Escrito Por

Licenciada em «Communication Arts» no New York Institute of Technology, Francesca de Mello Breyner trabalha junto da família no Zmar Eco Experience. Filha de Francisco de Mello Breyner, responsável pelo projecto Zmar, desde pequena que se habituou a um lifestyle "green", visto que sempre lhe foi incutido pelo pai a importância da reciclagem e a redução do desperdício. No Dept. de Marketing é actualmente responsável pelas Relações Públicas, Conceito e Comunicação do Eco Resort.

Sem comentários

FAÇA O SEU COMENTÁRIO