Descubra os melhores artigos acerca do lifestyle Zmar
HomeLifestyleYoga (des)ligue-se
 

Yoga (des)ligue-se

Desfio: apenas 5 minutos de Yoga, hoje!

“A corda de manhã com o toque do despertador. De rompante que te cai-lhe “nos ombros” um turbilhão de temas, sem sequer ter tempo para perceber que já acordou. Parece que estava tudo ali, sentada à sua cabeceira, à espera do primeiro micro-segundo de consciência. Segue-se uma luta entre a cama e o despertador, num prenúncio de dia que já se inicia atrasado, cansado e com um sentimento de dívida que não desaparece, por mais que se corra a “segurar todos os pratos”. Não consegue interromper este padrão, tenta, mas são demasiadas coisas que reclamam por si… é um malabarismo delicado e extenuante. “Tenho de mudar a minha vida” passa demasiadas vezes pela sua cabeça, mas na prática, o grande projecto de mudança fica remetido para um dia em que se há-de acordar com tudo organizado e sereno. Dia esse que não chega… E se a mudança não for um grande projecto, mas sim simples pequenos micro-projectos.


Pare! Respire!

Feche os olhos e permita-se estar consigo 5 minutos. Vá, consegue! Afinal são apenas 5 minutos em 24h!

Vai ver que quando os reabrir terá um olhar novo, uma nova prespectiva, mais clara, mais directa, menos turva.
São 5 minutos na primeira semana, 10 na segunda, 20 ao final de um mês. Não tem saudades de estar consigo?

Escolha um local onde não seja incomodado. Não complique, não tem de ser por baixo de uma árvore, ou num praia deserta. Pode ser ali mesmo, no carro, antes de ires buscar os miúdos. Pode ser na varanda antes de todos acordarem. O importante é ser um local onde consiga à partida ter esses minutos sem interrupções. E fique ali… só a respirar… o mais profundamente e calmamente que conseguir.

Gradualmente a cabeça foca-se na respiração, gradualmente custa menos estar ali aqueles minutos, até parece que podiam ser mais… Depois inclua um alongar do corpo, um espreguiçar, um rodar dos ombros, um momento de carinho para consigo, que lhe devolva o seu centro. Desligue por momentos o botão automático e aprenda a pausar nos 5 segundos que existem (mesmo que não pareçam existir…) antes de qualquer decisão automática, e traga consciência ao seu dia a dia.


Pode não acreditar, mas já está a fazer Yoga!

Yoga não é uma postura complicada, ou um sábio numa montanha! Yoga é estarmos connosco, sentirmo-nos, desligar os botões automáticos cheios de condicionalismos de uma vida carregada de exigências. É trazermos a consciência a nós e com isso tornarmo-nos mais responsáveis pelo que dizemos, fazemos, pensamos e sentimos. Porque nós somos um todo e quando uma destas componentes está desalinhada com as nossas verdadeiras crenças (não as da sociedade) sentimo-nos interiormente perturbados, desalinhados e frustrados.

Depois sim, podem vir respirações mais profundas e específicas (pranayamas),
podem vir posturas que ajudam o teu corpo a trabalhar aspectos da mente (asanas),
pode vir aprofundar das sensações quando fecha os olhos para que se sintas diferente quando os reabre (meditação),
pode vir o foco diário em cada momento que vivência (mindfullness),
pode vir a consciência da energia que traz consigo e que recebe nos espaços que partilha (reiki).

Pode vir tanta coisa… com apenas 5 minutos hoje 🙂

Partilhar Artigo
Escrito Por

Licenciada em «Communication Arts» no New York Institute of Technology, Francesca de Mello Breyner trabalha junto da família no Zmar Eco Experience. Filha de Francisco de Mello Breyner, responsável pelo projecto Zmar, desde pequena que se habituou a um lifestyle "green", visto que sempre lhe foi incutido pelo pai a importância da reciclagem e a redução do desperdício. No Dept. de Marketing é actualmente responsável pelas Relações Públicas, Conceito e Comunicação do Eco Resort.

Sem comentários

FAÇA O SEU COMENTÁRIO