Descubra os melhores artigos acerca do lifestyle Zmar
HomeLifestyleAlice, a Jovem Cegonha
 

Alice, a Jovem Cegonha

Alice, a Jovem Cegonha.

“Alice vivia comodamente no seu ninho de dimensões aceitáveis para uma Jovem Cegonha. Os seus pais tinham-na criado no Sudoeste Alentejano e desde então, nunca mais de lá saiu. Gostava de acordar cedinho, de sentir o fresco da manhã e ouvir o som do dia. Assim que os primeiros raios de sol tocavam no horizonte, Alice esticava as suas longas pernas, sacudia as suas grandes asas brancas e pretas e num ápice preparava-se para a sua primeira aula matinal.
De maillot cor de rosa, a jovem cegonha fazia questão de ser a primeira da fila na aula de Pilates. Talvez por isso tivesse uma postura de fazer inveja!
Alice passava o dia no Zmar, o seu condomínio privado, quer no verão, quer no inverno. Mas no verão… havia tanto que fazer… Tinha de usar um pequeno bloco de notas para apontar todos os horários, actividades, espectáculos, tudo aquilo que não podia perder…
Enquanto rodopiava por entre experiências desportivas, wellness e mergulhos na piscina as suas vizinhas ficavam o dia todo sentadas à beira do lago a apanhar banhos de sol viradas para norte.
O Sunset era um dos momentos preferidos da Alice, era o momento em que o dia toca a noite e a magia da natureza é espalhada por todo o planeta, Feeling the Planet!

Dia após dia Alice aproveita ao máximo a animação do Zmar!

Texto by Andreia Ribeiro

Partilhar Artigo
Escrito Por

Andreia Ribeiro, natural de Odemira, Sudoeste Alentejano é mãe de duas crianças. Criativa e sonhadora, apaixonada pelos animais, adora viver no campo em permanente contacto com a natureza! Estudou na Escola Superior de Coimbra e licenciou-se em Animação Socioeducativa. Grande parte do seu percurso profissional foi dedicado à educação e à acção social. Sempre disposta a aceitar novos desafios, trabalha actualmente no Zmar, no Departamento de Animação - projecto que abraça com grande entusiasmo. Nos seus tempos livres gosta de ler: os livros têm o poder de a levar para o fantástico mundo do imaginário... Escrever também é algo que lhe dá uma enorme satisfação. Optimista por natureza, gosta sempre de ver o copo meio cheio e acredita que o Ser Humano ainda vai a tempo de Salvar o Planeta!

Sem comentários

FAÇA O SEU COMENTÁRIO